Dicas de roupas para crianças

postado por Ana Carolina Gabriel em 04/10/2011 às 16h14

Gustavo Sarti dá dicas de roupas e modelos para as crianças usarem em todas as estações do ano! Por Gustavo Sarti para revista Molde & Cia edição Especial Infantil nº 11 / Fotos ShutterStock

 

Por Gustavo Sarti /  Fotos ShutterStock


Atemporal

Gustavo Sarti dá dicas de como vestir corretamente os pequenos em todas as estações

Foto: ShutterStock  

 

Invista nos tons de azul para os garotos e nos de rosa ou laranja para as meninas. Estas cores tendem a continuar no auge da moda por muito tempo. Já para ganhar um ar irreverente, aposte em estampas florais, listras e padronagens geométricas.


Para situações nas quais os pequenos não querem ser reconhecidos como crianças, sugiro  composições casuais sem personagens ou figuras infantis. Já às garotas, indicamos sobreposições com coletinhos, um item que permite diversas variações no figurino. Também fica elegante usar roupas em uma versão mais teen.


Romântico


Este é o estilo preferido das meninas. A garota poderá fazer um mix de roupas em padronagens pequenas (florais e poás) com lisas. Também estão liberados os fru-frus e os babados. Nesta estação, abuse de florais com fundo claro combinados com peças brancas. As estampas liberty também vão ser sucesso entre as crianças. Elas podem usá-las nas tonalidades rosa, turquesa, coral e laranja.


Navy

Veja dicas de roupas para crianças!

Foto: ShutterStock 


É uma tendência versátil, já que as mamães podem mesclar peças lisas e que já possuem no guarda-roupa dos filhos, com as listradas. O visual pode ter uma “pegada” jovem e ser adotado no dia a dia como também nas festas das crianças.


Os looks costumam se apresentar nas cores azul-marinho, vermelha e branca. Use tecidos claros na região que quer chamar a atenção e azul-marinho onde tiver maior volume, ou seja, nas que precisa disfarçar. Este estilo também engloba figuras com âncoras, barquinhos, chapéus de marinheiros, entre outras. Insira esses temas com moderação. Os pequenos vão ficar elegantes com roupas com listras na forma vertical.

Outra dica é colocar na mesma peça listras assimétricas e em diferentes larguras. Está com tudo na moda coordenar o navy com acessórios nos tons branco, off white e vermelho.


À moda inglesa

É uma tendência um pouco mais séria. Para não ficar “over”, ou seja, vestido (a) de forma exagerada, procure inserir acessórios ou complementos que criem looks bem humorados e fashion. As composições podem ser leves e divertidas, por exemplo, combinar xadrez com chapéus ou itens mais despojados e descontraídos.


Outras dicas sobre moda e estilo, siga www.twitter.com/moldecia e também  www.twitter.com/gusarti

 

 

Mais de Colunas

Comentários (5)

Juliana comentou em 10/01/13 às 17h55

Que lindas essas roupas! Acho super complicado investir em peças infantis, pois às vezes me prendo muito ao que é moda e acabo me esquecendo do conforto dos pequenos, que é o mais importante! Por isso gosto de comprar roupas Tigor Tigre (http://www.tricae.com.br/lilica-ripilica-tigor-t-tigre/) e roupas Lilica Ripilica (http://www.tricae.com.br/lilica-ripilica-tigor-t-tigre/lilica-ripilica-roupas/) todas no site da Tricae! Beijos da mamãe Jú!

|

Juliana comentou em 10/01/13 às 15h16

Que gracinhas essas roupas! Costumo comprar as roupas do meu filho no site da Tricae (http://www.tricae.com.br/lilica-ripilica-tigor-t-tigre/) adoro as roupas da Tigor Tigre! São super modernas e confortaveis! Beijos da mamãe Jú!

|

ana quezia comentou em 03/12/12 às 17h00

eu amo as dicas do gustavo sarti

|

maria elizabeth de almeida comentou em 10/07/12 às 18h21

como e dificil encontrar revista infantil aqui no rio . gostaria de uma dica .

|

Maria Márcia comentou em 15/01/12 às 19h08

gostei da dicas de roupas para crianças,só lamento pela dificuldade de encontrar revista com roupas so para criaças,pelo menos na minha cidade e dificil,tenho um pequeno Atelier de roupas femeninas e crianças ;gosto muito das dicas de Gustavo estou sempre atenta nos canais de tv por onde ele passa,abraço . . . .

|
deixe seu comentário